Paixão concreta

23 jan

Pois é, ando apaixonada por concreto armado na decoração. Na verdade, isso já é usado há anos, foi super difundido pelos modernistas e agora parece que voltou com mais força. Reparei nisso porque as revistas e sites, que geralmente retratam o que é tendência e o que caiu no gosto, tem mostrado mais obras que usam concreto armado.

Lembram aquela casa que um dia postei aqui, dizendo que um dia terei uma muito inspirada nela… pois é, ela usa essa técnica no teto, umas vigas lindas, olha lá.

Mas eu trago mais aqui. O concreto armado costuma ser bastante usado em vigas que dão sustentação e ainda enfeitam o ambiente, como na foto abaixo, de um apartamento ‘básico’ localizado na Avenida Paulista, em São Paulo.

concreto armado no teto, lindo demais...

o teto visto da varanda

(Fotos: site The Coolist)

Mas o que tem me conquistado mesmo é o uso de concreto armado para fazer estantes, pias, mesas e por onde for a sua imaginação.

concreto armado na pia do banheiro...

... no fogão e na mesa da cozinha...

As fotos acima são da casa do dono da Micasa, loja bacanérrima de design em São Paulo.  (Crédito: site da Dezeen Magazine).

... na estante...

... e mais estante...

(Crédito fotos: Pedro Kok)

Segundo Marie Canovezi, amiga querida, arquiteta e consultora do Casa de Filó, o segredo para ter um bom resultado com o concreto armado na obra está na execução, especialmente de estantes e bancadas. Logo, caso você pense em usar isto na sua casa, escritório ou outro lugar, procure boas indicações e referências. Ela explicou que é muito comum ver trabalhados mal acabados, grosseiros, danificando e muito o resultado final. E você não vai querer gastar um dinheirão numa coisa mal feita, não é mesmo?

Este apartamento abaixo foi ela quem me mostrou também. Ele fica lá no Copan, um dos símbolos do trabalho de Oscar Niemeyer localizado no Centro de São Paulo.  As fotos são do site Arch Daily e o projeto é de autoria dos arquitetos Felipe Hess e Renata Pedrosa.

a mesa com a bancada é, para mim, um dos grandes destaques do apartamento...

... que ainda conta com uma estante muito bem feita também de concreto armado...

... e o mesmo material ainda no banheiro.

(Fotos: Fran Parente)

Pra terminar, deliciem-se com uma reportagem do programa ‘Nos Trinques’, da GNT, onde o arquiteto Paulo Mendes da Rocha passeia pela Casa Masetti, projeto dele de 1968 instalado no nobre bairro do Pacaembu, em São Paulo. No imóvel, o concreto armado está por todos os cantos.

About these ads

2 Respostas to “Paixão concreta”

  1. Usina das Artes janeiro 23, 2012 at 1:39 pm #

    Aqui em Floripa era muito comum o uso do concreto em casas de praia, talvez por não sofrer com a ação da maresia. Às vezes rola isso mesmo, das residências urbanas buscarem elementos na praia ou no campo, dando uma impressão de rusticidade.

    Bem interessante o post!

    • Carol Monteiro janeiro 23, 2012 at 2:44 pm #

      Eu acho o uso de concreto armado em casas de praia charmoso demais! Fica muito bem pra misturar com tijolos e vidro, por exemplo.

      Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: